Municípios

300 famílias do Cupixi são beneficiadas com o Programa Luz Para Todos

Os moradores da comunidade do Cupixi, área rural do município de Porto Grande, começaram a ser beneficiados com uma das grandes obras de universalização do fornecimento de energia em comunidades rurais e ribeirinhas no Amapá realizadas pela CEA Equatorial. As obras do Programa Luz Para Todos, PLPT, que garantem energia de qualidade e com segurança às comunidades, chegam ao local garantindo o fornecimento de energia 24h para cerca de 300 famílias.

O morador da região, Ivan da Silva, acredita em uma grande melhora não só para a comunidade mas para muitos moradores de Porta Grande.

“Eu acredito que essa ação vai trazer muitos benefícios aos moradores, porque nós passamos muita necessidade em relação a energia e ficamos as vezes semanas sem o fornecimento. Agora com a CEA Equatorial implantando esses postes aqui eu creio que tem muito a melhorar, ” disse.

Serão implantados na região 528 postes ao longo de 30 quilômetros de rede de média tensão na comunidade do Cupixi. Ao todo, 30 frentes de trabalhos atuam em outros sete municípios do estado e ainda no primeiro trimestre de 2024, 3 mil novas ligações serão realizadas, beneficiando mais de 1.500 moradores de Macapá, Santana, Mazagão, Porto Grande, Pedra Branca, Cutias e Itaubal.

Para o executivo de obras de rede de distribuição da CEA Equatorial, Luis Tafner, as obras representam um grande avanço para a região e demonstram o rápido avanço que as iniciativas do Luz Para Todos tem conseguido.

“Nosso objetivo é garantir o acesso à energia elétrica para mais pessoas em menor tempo possível. Ainda temos muito para avançar e seguiremos percorrendo desde as regiões mais distantes até as áreas urbanas que ainda necessitam dos nossos serviços de regularização”, afirmou.

Programa Luz Para Todos

Buscando a universalização do fornecimento de energia no estado, sobretudo nas comunidades rurais, a CEA Equatorial tem trabalhado em diversas obras do Programa Luz Para Todos, do Governo Federal.

De acordo com o gerente de manutenção e obras da CEA Equatorial, Alexandre Lima, estas obras consistem na construção de uma Rede de Distribuição Rural em cada localidade, que são interligadas ao sistema de distribuição.

“Estamos construindo uma rede com novos postes, transformadores e cabeamento para proporcionar a energia 24 horas a comunidades que possuem histórico de atendimento por sistemas isolados, em que o serviço não era permanente. Nós já temos obras concluídas em algumas comunidades e a nossa meta é expandir para os 16 municípios”, explicou.