Política

Randolfe celebra aprovação do PL que garante o reajuste salarial de militares do ex-Território do Amapá

O Projeto de Lei 4426/2023, de autoria do Poder Executivo, foi aprovado nesta quarta-feira (01) no Senado Federal, e agora segue para sanção do presidente Lula. 900 militares amapaenses serão beneficiados. O senador Randolfe Rodrigues, líder do Governo no Congresso, foi um dos grandes articuladores da pauta.

O PL reajusta em 9% para este ano e mais 9% para janeiro de 2024, a remuneração das forças de segurança do Distrito Federal (bombeiros militares, policiais militares e civis). Concede também o reajuste de 9% aos servidores dos ex-Territórios do Amapá, de Rondônia e de Roraima, além do reajuste dos valores do auxílio moradia.

Randolfe, que atua fortemente na valorização e garantia de direitos dos servidores do Amapá, agradeceu ao empenho e dedicação do governo Lula nesta pauta.

“Nós conseguimos que a votação acontecesse com rapidez, e agradecemos ao presidente pelo olhar sensível aos direitos dos nossos servidores amapaenses, não podemos deixar de saudar a ministra da Gestão, Esther Dweck que sempre nos auxilia com muita competência e agilidade nos processos da Transposição”, afirmou o senador.

 

ERRATA

Esclarecemos que o Projeto de Lei 4426/2023, de autoria do Poder Executivo, reajusta em 9% para este ano e mais 9% para janeiro de 2024 (totalizando 18%) a remuneração das forças de segurança do Distrito Federal (bombeiros militares, policiais militares e civis);

Já para os servidores militares do ex-Territórios do Amapá o reajuste é de 9%.