Cidades

Novos eletricistas são capacitados para o mercado de trabalho em curso oferecido pela CEA Equatorial

A CEA Equatorial, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), realizou nesta quarta-feira, 01, a certificação da primeira turma da Escola de Eletricistas do ano de 2023. Ao todo, 50 alunos, entre homens e mulheres, receberam os certificados de conclusão do curso de capacitação e estão oficialmente aptos a ingressarem no mercado de trabalho no setor elétrico.

Marcos Pereira, assessor de Relações Institucionais da CEA Equatorial fala sobre a oportunidade (Foto: Divulgação/ CEA Equatorial)

O evento que ocorreu no Senai, em Santana, reuniu além dos formandos, familiares dos eletricistas, e representantes das empresas: Marcos Pereira, assessor de Relações Institucionais da CEA Equatorial, Pedro Fauro, gerente de Inovação e Educação do Senai e Christian Monte, analista de Eficiência Energética da CEA Equatorial. Para o assessor de Relações Institucionais, o programa traz uma grande oportunidade para as pessoas em um mercado amplo de trabalho no estado e também fora dele.

“A formação garante que estas pessoas saiam daqui com um curso de qualidade oferecido pela CEA Equatorial em parceria com o Senai. Vemos muitas pessoas agradecidas pela chance de capacitação profissional e estamos felizes em fazer parte deste momento”, disse.

A iniciativa da plataforma E+ de Sustentabilidade tem como objetivo a formação gratuita de profissionais para atuação no setor de distribuição de energia elétrica. Todos os 50 alunos passaram por aulas de conhecimento teórico e prático durante o período de pouco mais de três meses. Segundo Ivalnilton Nunes, juramentista da cerimônia, a chance é indispensável e a capacitação que proporcionou realizar um sonho.

Ivanilton Nunes recebeu o certificado e espera agora crescer na carreira e obter um curso de graduação para continuar na área. (Foto: Divulgação/ CEA Equatorial)

“Eu me sinto muito grato, a Deus e à Equatorial. A área energética no estado é muito grande e a empresa conseguiu realizar um sonho meu pois eu sempre quis fazer parte da área elétrica, então eu participei do processo seletivo, me formei e cheguei até aqui. Espero dar o meu melhor e futuramente estar me formando na área de Engenharia Elétrica”, destacou.

Dois alunos do curso receberam uma premiação de destaque devido as boas avaliações e engajamento nas aulas, foram eles Annanda Michele Amoras e Edinelson Garcia.

Sobre a Escola de Eletricistas

As aulas da primeira turma da Escola de Eletricistas foram iniciadas em julho e ministradas pelo Senai. A capacitação para a formação de novos eletricistas contou com aulas teóricas e práticas, que habilitaram o aluno em todas as normas regulamentadoras necessárias para a entrada no mercado de trabalho, totalizando 480h do curso profissionalizante. Para ampliar as oportunidades de empregabilidade, o programa também contemplou cursos comportamentais que apoiaram os alunos no desenvolvimento de habilidades cognitivas como raciocínio lógico, comunicação, relacionamento interpessoal.

Ainda em 2023, no mês de setembro, outras duas turmas com 50 alunos iniciaram o curso de eletricista, sendo que uma dessas turmas é composta somente por mulheres, reafirmando assim o compromisso com a igualdade de gênero nas operações do setor elétrico do Amapá.

 

 

Com informações da Ascom grupo Equatorial