Cultura

Governo do Amapá revitaliza estrutura da praia da Fazendinha, em Macapá, para a realização do Réveillon

O Governo do Amapá finaliza os trabalhos de revitalização da estrutura da praia da Fazendinha, na Zona Sul de Macapá, para os eventos do Réveillon Beira Rio 2024. O ponto turístico, às margens do Rio Amazonas, vai receber, no sábado, 30, mais de trinta artistas, entre eles, uma atração nacional: o cantor e compositor Zeca Baleiro.

Para preparar o ambiente, a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinf) realiza, no local, serviços como recuperação de estruturas comprometidas pelo tempo, pintura de meio-fio, pintura de muretas, limpeza, capina e roçagem.

Também são realizados reparos da iluminação, das áreas em madeira e das calçadas. As intervenções geram 20 empregos diretos para profissionais como pedreiros, eletricistas e pintores.

Foto: Jhon Martins/Seinf

“O Governo do Amapá trabalha com várias frentes de serviços para adequação do espaço, pensando na população em geral, para que todos os ambientes estejam adequados ao público”, pontuou o secretário adjunto de Infraestrutura, Ivy Vasconcelos.

Geração de renda

A revitalização traz melhorias estruturais, tornando o ambiente mais atrativo para amapaenses e turistas não apenas durante o Réveillon. Outro benefício é para os empreendedores que atuam no ponto turístico.

A cozinheira e moradora da Fazendinha Walkiria Arcanjo, de 40 anos, afirma que os trabalhos beneficiam a comunidade.

“Nós nos sentimos valorizados por ter as obras e os shows, faz com que sejamos vistos e gera também empregos, seja como cozinheira, garçom ou até mesmo autônomo”, detalha Walkíria.

Réveillon Beira Rio 2024

São 10 atrações nacionais, como Ana Castela, Zeca Baleiro, Leonardo, Chico César & Geraldo Azevedo, entre outros, que irão compor a programação de três dias do Réveillon da Beira Rio 2024, que retorna para às margens do Rio Amazonas e também com a novidade de shows em Fazendinha e na Zona Norte de Macapá. A programação cultural e festiva, que contará com mais 50 artistas locais, além de fomentos para todos os municípios, será de 30 de dezembro a 1º de janeiro.

O Governo do Amapá é responsável pela estrutura de palcos, som e iluminação. Os demais investimentos foram garantidos junto ao Ministério do Turismo, articulados pelo senador Davi Alcolumbre, e ao setor privado. A coordenação da programação é das secretarias de Estado da Cultura (Secult) e Turismo (Setur).

O retorno do Réveillon é o estabelecimento de uma nova marca para o Amapá que se projeta no roteiro de grandes eventos nacionais do fim de ano, movimentando a economia, o turismo, a cultura e as produções locais. Segundo a Secretaria de Estado do Turismo (Setur) a expectativa é que, a cada R$ 1 investido, retorne de R$ 5 a R$ 7 para o estado.