Economia

Amapá sediará encontro internacional do Grupo de Engajamento do G20

Em fevereiro, o Amapá vai sediar encontro do Grupo de Engajamento Startup 20, com a presença de representantes de empresas inovadoras dos países integrantes do Grupo dos 20 (G20), organização internacional que reúne as maiores economias do mundo. Com o apoio do Governo do Estado, o evento acontecerá em Macapá, sob coordenação da Associação Brasileira de Startups (Abstartups).

A iniciativa, prevista para ocorrer entre os dias 24 e 26 de fevereiro, terá uma programação com painéis sobre inovação e empreendedorismo, além de visitas técnicas a universidades e centros de pesquisa amapaenses. O encontro também discutirá a situação macroeconômica da região e deve contar com a presença de 600 pessoas de vários países.

“A iniciativa será uma grande oportunidade para o Amapá fechar parcerias, seja no âmbito público ou privado, e mostrar que temos um setor de inovação muito forte, referência na Amazônia. Com isso, temos um enorme potencial econômico”, destacou o secretário de Ciência e Tecnologia, Edivan Andrade.

A chefe de políticas públicas da Abstartups, Bárbara Furiati, explica que é a primeira reunião do grupo no estado. Para ela, a programação é a chance de mostrar a outros países o potencial bioeconômico e científico do Amapá.

“O Startup20 é a linha de frente de todo o grupo. A primeira reunião do grupo este ano ocorre em Macapá, o que é motivo de muita alegria, pois estamos conseguindo levar um evento desta magnitude para dentro da Amazônia e, assim, mostrar o que temos de melhor em diversas áreas”, pontuou Bárbara.

Startup20

O grupo, criado sob a presidência da Índia no G20, atua com o objetivo de levantar preocupações sociais e econômicas de diferentes países aos líderes das maiores economias do mundo, conectando ecossistemas de inovação do mundo inteiro.

Em outubro, durante a 52ª Expofeira do Amapá, representantes do Governo do Estado assinaram uma Carta de Intenção que formalizou a realização do encontro em solo amapaense.

Atualmente, são membros da organização: União Europeia, Brasil, Estados Unidos, China, Canadá, França, Argentina, Alemanha, México, Indonésia, África do Sul, Austrália, Coreia do Sul, Japão, Itália, Índia, Rússia, Arábia Saudita, Reino Unido e Turquia.

 

 

Texto: Kelison Neves