Municípios

População do Bailique recebe máquina de dessalinização para garantir água potável

O Governo do Amapá enviou ao arquipélago do Bailique uma máquina de dessalinização de água para testes na localidade. A estratégia faz parte das alternativas para amenizar as dificuldades enfrentadas pelas famílias da região devido à salinização das águas dos rios que banham as ilhas.

O equipamento tem capacidade para tratar cerca de mil litros de água por hora, transformando o líquido insalubre em potável, pronto para o consumo. Estima-se que o super dessalinizador funcione em fase de teste por aproximadamente 15 dias, na Vila Progresso, a comunidade mais populosa do arquipélago.

Foto: Israel Cardoso Júnior/GEA

“Estamos buscando várias soluções para aplacar a situação das famílias que sofrem com a falta de água potável no Bailique por causa da salinização do rio. Esse equipamento vai para o arquipélago e vai ficar lá por um período de testagem. Essa máquina é muito similar à que nós vimos no Rio Grande do Norte quando estive lá no mês de junho, justamente em busca de soluções. Estamos com uma expectativa muito boa”, detalhou o governador Clécio Luís.

A máquina funciona com o auxílio do gerador de energia, mas também pode ser adaptada para alimentação através de energia solar. O responsável pela fabricação da máquina, Wester Araújo, explicou como ela funciona.

“É um modelo de salinizador compacto de fácil funcionamento. A bomba de sucção capta a água do rio, leva para os tanques onde recebe um pré tratamento físico químico. O sal é separado da água, a deixando própria para o consumo humano. É importante lembrar que o equipamento já passou por um pré-teste. A água foi examinada em laboratório que comprovou que ela estava livre de substâncias e organismos que possam trazer doenças”, disse Araújo.

Ajuda humanitária

Para atender as famílias de forma imediata, desde janeiro de 2023, o Governo do Amapá já distribuiu cerca de 2,2 mil caixas d’água aos moradores do distrito. Os reservatórios são utilizados como sistemas individuais de captação da água da chuva, servindo como para armazenamento do líquido para consumo.

As famílias também receberam hipoclorito de sódio para tratamento da água. Foram enviados, ainda, água mineral, kits de higiene bucal, kits para vacinação contra a Covid-19 e Influenza e medicamentos.

 

 

Com informações de Worchiely Costa