Municípios

Unidades Básicas de Saúde de Pedra Branca passam a disponibilizar inserção de DIU

A campanha de prevenção à gravidez na adolescência, realizada pela Prefeitura de Pedra Branca do Amapari por meio da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou nesta terça-feira (28/2) com ações de conscientização e incentivo ao uso de contraceptivos. A novidade foi anúncio feito pela prefeita Beth Pelaes da inclusão do dispositivo intrauterino (DIU) entre os métodos contraceptivos disponíveis na rede pública municipal de saúde.

“A gravidez precoce é considerada uma questão de saúde pública. Por isso é importante o debate sobre o assunto, além disso eu gostaria de anunciar que o município dispõe de métodos contraceptivos e a novidade é a implantação do DIU, que a partir de agora é ofertado nas unidades básicas de saúde de Pedra Branca do Amapari”, disse a prefeita Beth.

Atualmente, o município oferta de maneira gratuita os seguintes métodos contraceptivos que ajudam no planejamento familiar: anticoncepcional injetável mensal, anticoncepcional injetável trimestral, minipílula, pílula combinada, pílula anticoncepcional de emergência (ou pílula do dia seguinte), preservativos e agora o DIU, que é considerado um método contraceptivo de alta eficácia no auxílio do planejamento familiar. O dispositivo, feito de cobre, possui duração de 10 anos e não gera desconforto para as mulheres.

As mulheres em idade fértil que tiverem interesse em realizar o procedimento devem se dirigir à Unidade Básica de Saúde mais próxima de suas casas, portando documento de identificação com foto e cartão do SUS. Antes de serem direcionadas ao serviço, as beneficiadas serão submetidas à consulta de enfermagem e exames, todos disponíveis no serviço público municipal.

A abertura da campanha de prevenção à gravidez na adolescência aconteceu na quadra da escola São Pedro e contou com a presença de representantes da Câmara Municipal, do Conselho Municipal de Saúde, do Programa Amapá Jovem, além da prefeita do município, do vice-prefeito Marcelo Pantoja e de cerca de 200 jovens.

Com informações da ASCOM de Pedra Branca