Segurança

Suspeitos de integrar facção criminosa são presos durante operação da Polícia Civil em Macapá

A Divisão de Repressão às Ações Criminosas Organizadas da Polícia Civil (DRACO), com o apoio de outras forças de segurança pública, deflagrou na manhã desta terça-feira, 8, a operação “Ductus” para cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão contra suspeitos de praticarem crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e participar de grupo criminoso.

Foto: durante as buscas em área de ponte – Ascom PC/AP

Quatro pessoas foram presas em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e por integrar grupo criminoso.

O delegado Ismael Nascimento, titular da DRACO, destaca o resultado da operação “além das prisões, apreendemos drogas, munições e uma arma de fogo, além de robusto material relacionado à atuação desses indivíduos com essas ações criminosas. Essa ação policial cumpriu o objetivo, intensificando assim, as ações de combate aos grupos criminosos, atendendo a uma diretriz do secretário de Segurança Pública e do delegado-geral, principalmente, em razão desses homicídios que aconteceram nesse início de ano”, disse ele.

Foto: arma de fogo e celulares apreendidos – Ascom PC/AP

Os materiais apreendidos serão periciados, os indivíduos presos em flagrante serão encaminhados à audiência de custódia e ficarão à disposição da Justiça.

Nessa operação participaram mais de 60 policiais, e contou com apoio do Canil do BOPE, do Núcleo de Operações com Cães da Polícia Civil, da CORE, da Polícia Penal, do GTA, da CIOP/SEJUSP, e diversas delegacias, dentre elas, DEMA, DETE, DECCP, DECIPE, 9ª DPC, 10ª DPC.