Segurança

Suspeito de matar professor no AP já está na penitenciária do Estado

 Após 14 dias de investigações, a delegacia de homicídios prendeu Euclides dos Santos Ramos, 23 anos, suspeito de matar o professor Antônio Alduafran Rodrigues de Sousa, de 56 anos, que foi encontrado morto com várias facadas no dia 4 de outubro, em um ramal da BR 210, em Macapá.

Foto: professor Antônio Alduafran Rodrigues – divulgação Internet

O acusado de cometer o latrocínio conhecia a vítima há cerca de um ano. Durante depoimento ele disse que matou o professor para ficar com a motocicleta, porque precisava de dinheiro para pagar umas dívidas.

Foto: Professor Antônio Alduafran conduzindo a moto e na garupa o assassino – Divulgação PC/AP

O delegado que esteve à frente do caso, Paulo Moraes, localizou a moto da vítima em Vitória do Jari, e o receptador informou quem teria vendido o veículo. Além dessa informação, a polícia conseguiu outros elementos que ajudaram na elucidação do crime.

“Diante desses fatos e de outros elementos de provas que já possuíamos, representamos pela prisão preventiva do acusado, a qual foi deferida pelo Poder Judiciário”, disse o delegado.

O suspeito foi preso no Conjunto Mucujá, na Zona Sul de Macapá, enquanto trabalhava limpando a área. Ele não tinha passagem pela polícia.

O professor Alduafran Rodrigues desapareceu no dia 30 de setembro e o corpo dele foi encontrado 5 dias depois em estado de decomposição.

O suspeito passou por audiência de custodia e foi encaminhado para a penitenciária do estado.