Cidades

SESI Amapá e parceiros fazem blitz educativa em alusão a campanha Abril Verde

Nesta terça-feira, 11 de abril, técnicos do SESI Amapá, junto com representantes de entidades públicas ligadas à temática da Saúde e Segurança, visitaram o canteiro de obras do Parque Meio do Mundo e realizaram uma blitz educativa. O objetivo foi orientar os trabalhadores sobre a prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, bem como conscientizá-los a respeito da importância de ter um ambiente laboral seguro e saudável.

A ação faz parte da campanha Abril Verde, também coordenada pela Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), Ministério Público do Trabalho (MPT) e Superintendência Regional do Trabalho (SRTE-AP), com o apoio do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) e da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (CISTT/CES).

Durante a visita foram entregues folhetos e os profissionais deram orientações a respeito dos riscos de acidentes e a importância do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s). Na ocasião, a técnica de segurança do trabalho do SESI Amapá, Simone Loureiro, ressaltou a necessidade de promover a cultura da segurança preventiva no ambiente laboral.

“A vida é o bem mais valioso que existe. É necessário que os empregadores e os trabalhadores estejam atentos aos seus deveres para que sejam adotados os procedimentos corretos de segurança e que acidentes sejam evitados”, completou.

Foto: Ascom Sesi/Senai

Para o auditor do MPT, Ediraldo Homobono, o mês de abril é o momento ideal para evidenciar as boas práticas de segurança. “As ações preventivas e o diálogo social têm o intuito de reduzir o número de acidentes trabalhistas e alertar as pessoas a respeito da importância de ter um ambiente de trabalho adequado”, disse.

Estatística alarmante

Segundo relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT), anualmente são registradas 2,34 milhões de mortes no mundo, sendo 321 mil causadas por acidentes de trabalho e mais de 2 milhões provocadas por doenças relacionadas ao trabalho.

Por isso, segundo o chefe da Unidade de Vigilância de Ambiente e Processos de Trabalho da SVS, Hildaécio Dias, os trabalhadores da construção civil foram os escolhidos como primeiro público da ação educativa. “Eles são expostos a vários riscos em todos os momentos. Nosso intuito foi falar sobre segurança, a fim de que eles saibam que estão sendo assistidos. Atitudes seguras e equipamentos apropriados devem ser rotina no trabalho”, frisou.

A técnica de edificações da empresa responsável pela obra, Daniela Monteiro, ficou tranquila ao receber a visita dos profissionais. “É sempre bom sermos lembrados da importância de cuidar de nossa saúde e segurança”, concluiu.

 

Com informações da ASCOM Sesi/Senai