Cultura

Randolfe lança livro “100 Vozes Pela Democracia” e traz Conselho Editorial do Senado para Folia Literária do Amapá

O senador Randolfe Rodrigues, presidente do Conselho Editorial do Senado Federal (CEDIT), fará o lançamento do livro “100 Vozes Pela Democracia” na sábado (28), às 18h, durante a programação da Folia Literária, no Parque do Forte, na capital Macapá.

O senador mobilizou um estande dentro na “cidade literária”, local da Folia Literária Internacional do Amapá, para distribuição gratuita de exemplares de livros publicados pela instituição. De acordo com o senador Randolfe, treze títulos serão doados pelo CDIT. “Vamos levar a nossa produção do Senado Federal para o povo do Amapá. Com isso teremos o lançamento do ‘100 Vozes Pela Democracia’, que tenho a honra de fazer parte”; comentou Randolfe. “Nós ainda teremos a distribuição de Vade Mecum muito importante para estudantes de direito e concurseiros”, completou o parlamentar.

A atividade tem como objetivo fomentar a leitura e democratizar o acesso aos livros. O evento também faz parte da celebração dos 80 anos de criação do ex-Território Federal do Amapá.

A Folia é realizada pelo Governo do Amapá, conta com o apoio do senador Randolfe Rodrigues e marca a retomada, após 10 anos dos festivais literários no estado.

CEDIT

O Conselho Editorial foi criado em 1997, é um órgão normativo responsável pela formulação e implementação da política editorial do Senado Federal. Este setor cumpre com a atribuição de publicar obras fundamentais da cultura brasileira de caráter econômico, social, político e histórico.

100 Vozes Pela Democracia

O livro “100 Vozes pela Democracia” foi organizado por Fernando Guimarães Rodrigues, coordenador-geral do Direitos Já! Fórum pela Democracia.

A obra reúne os atuais Presidente e Vice-Presidente da República, mais de duas dezenas de senadores e ex-senadores, deputados federais e ex-deputados federais, além de diversos intelectuais e personalidades da sociedade brasileira.

Destacam-se, entre outros, os senadores Randolfe Rodrigues e Tasso Jereissati e a senadora Simone Tebet; as deputadas Erika Kokay, Fernanda Melchionna e Tábata Amaral, o deputado Fábio Trad e o ex-deputado Fernando Gabeira; personalidades e intelectuais como José Gregori; Leci Brandão; Luciano Huck e Leonardo Sakamoto.