Educação

Projeto de extensão realiza exposição de obras de arte com tema Marabaixo

As obras serão expostas em comemoração ao Dia Estadual do Marabaixo

O Projeto Marabaixo: Narrativas Poéticas do Campus Macapá do Instituto Federal do Amapá (Ifap) realiza no dia 16 de junho uma exposição de artes visuais com obras produzidas por estudantes do ensino médio integrado. O evento é comemorativo ao Dia Estadual do Marabaixo e as obras serão expostas no hall do auditório do Campus no horário de 9h às 16h.

Serão expostas dez obras que representam a cultura popular amapaense, confeccionadas também com o reaproveitamento de papelão e produzidas por quatro estudantes que fazem parte da equipe do projeto.

As estudantes do 2º ano do Curso Técnico em Estradas Hevely Gil e Sabrina Sellena são monitoras do projeto. Hevely destacou que foi muito importante o desenvolvimento de novas habilidades de artes visuais a partir do projeto. Segundo ela, foi possível melhorar as técnicas que ela já dominava e foi conhecer melhor outras habilidades na produção das obras.

Já Sabrina Sellena se interessou pela proposta e quis participar da iniciativa. Segundo ela, o que lhe chamou atenção, além do próprio aspecto artístico do projeto, foi o enfoque na cultura local, como o Marabaixo. Uma oportunidade de valorização de realidades pouco conhecidas, segundo a estudante.

O projeto contou com a colaboração das bolsistas Isabel Lobato e Romeu Ribeiro também estudantes do Ensino Médio Integrado. Colaboram com o projeto os professores artistas Alan Gomes, do Centro Walkíria Lima, Isaías de Brito, do Centro Cândido Portinari, e Odília Cozzi , também do Ifap.

O grupo desenvolve o conhecimento sobre o Marabaixo por meio da produção visual de desenhos, recortes e pinturas. A iniciativa faz parte do projeto de extensão de arte e cultura que trabalha eixos temáticos e teóricos interdisciplinares, religiosidades e relações étnico-raciais. O objetivo é a valorização da cultura regional.

Para o coordenador do projeto, professor Ronne Franklim Dias, “ao produzir imagens como um instrumento de observação crítica e poética sobre a realidade cultural, os estudantes formam-se sujeitos protagonistas ao criar e reinventar a sua realidade histórica, geográfica e simbólica”.

De acordo com o docente, “as imagens de cultura do contexto amazônico amapaense, acompanhadas por recursos educativos multimodais e das devidas informações qualificadas já tornam o projeto de extensão uma ponte de conhecimento e contato aos saberes e práticas, fortalecendo autonomia crítica e (re)afirmando identidades”.

O resultado do projeto de extensão Marabaixo: Narrativas Poéticas obteve um banco de imagens artísticas autorais e um infoproduto como material educativo digital a ser disponibilizado às escolas por meio da Galeria de Arte Virtual-GAV21 (www.gav21.org).

 

Com informações do Instituto Federal do Amapá (Ifap)