Municípios

Prefeitura de Santana monitora estiagem e avalia decretar situação de emergência no município

Nesta terça-feira, (14), o prefeito de Santana, Sebastião Bala Rocha, estabeleceu um comitê técnico com especialistas da Prefeitura de Santana e representantes da defesa civil, para avaliar a forte estiagem que atinge o município. O comitê estuda o cenário, utilizando como referência os relatos da população e a investigação técnica, para elaborar o decreto.

De acordo com o prefeito, grande parte do município está sofrendo com as queimadas, o baixo nível dos rios e o difícil acesso à água tratada e alimentos.

“A Prefeitura dispõe de carros-pipa, que estão socorrendo os moradores, porém, há uma insuficiência de água potável, considerando que praticamente, todos os bairros estão sofrendo com essa escassez”, afirmou o gestor municipal.

A Prefeitura também foi notificada pela Colônia de Pescadores Z-6. Para quem sobrevive da pesca artesanal, o momento é preocupante, pescadores do município relatam que há uma escassez de peixes, em função da estiagem acentuada, o que ocasiona prejuízos sociais e econômicos.

Com a decisão, o município terá acesso a recursos federais para ações de resposta frente à crise e reconstrução do cenário prejudicado.

 

 

Com informações de Luana Silveira