Segurança

Polícia Federal em conjunto com Ministério Público do Trabalho promovem ação contra trabalho análogo ao escravo no Amapá

A Polícia Federal, por intermédio do Núcleo de Polícia Marítima da PF (NEPOM), em conjunto com o Ministério Público do Trabalho e com os Auditores Fiscais do Trabalho promoveram, na terça-feira, 27/2, uma ação de combate ao trabalho análogo ao escravo no estado do Amapá.

A ação também contou com a participação do Conselho Tutelar e da Secretaria de Assistência Social do município de Itaubal.

O objetivo da ação foi fiscalizar os vínculos empregatícios, sobretudo nas regiões do interior do estado, buscando evitar possíveis abusos e exploração irregular de trabalhadores.

Durante a ação, uma espingarda calibre 12 foi apreendida.