Segurança

Policia Civil chega aos suspeitos de torturar vítima até a morte por causa de um celular

Um homem de 24 anos foi preso e dois menores de 14 aprendidos, suspeitos de torturar até a morte, Edivanei Sales dos Santos, de 44 anos. Esse crime foi registrado no último sábado, dia 29, no Município de Porto Grande. A vítima foi achada com sinais de violência, entre espancamentos e facadas.

Os suspeitos teriam confessado que cometeram o crime para tentar encontra um celular que segundo eles, estaria com a vítima, que já tinha passagem por furto, segundo o Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes).

De acordo com o delegado Aldarlon Santos, com a colaboração da população, foi possível chegar aos suspeitos, “Os três indivíduos capturados confessaram que torturaram a vítima, de 44 anos de idade, por horas”.

Os adolescentes que tiveram representação pela busca e apreensão em desfavor deles, foram soltos. O Ministério Público entendeu que deveriam responder em liberdade. Um dos adolescentes já responde por ato infracional análogo ao crime de estupro.

O homem preso foi encaminhado à audiência custódia e teve a sua prisão em flagrante convertida em prisão preventiva. Ele foi encaminhado ao Iapen.