Saúde

Operação vai levar atendimento médico a aldeias indígenas de difícil acesso no Amapá

A partir desta terça-feira (24) até o dia 29 acontecerá a “Operação Gota”, uma ação realizada pelo Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Imunizações, Secretaria Especial da Saúde Indígena, Distritos Sanitários Especiais Indígenas, Força Aérea Brasileira e Governo do Amapá, com apoio do mandato do senador Randolfe Rodrigues para levar atendimento médico e imunização às terras Wajãpis.

A operação, que também já aconteceu no Pará e Acre, tem como principal objetivo levar imunização e atendimentos de saúde às áreas indígenas de difícil acesso.

“É importante destacar que a operação Gota é uma ação fundamental de política pública, que busca garantir a consolidação do direito à saúde, e todos os cidadãos brasileiros com acesso às vacinas ofertadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS)”a realização dessa ação dentro do território indígena, marca o avanço das ações integradas dentro das terras indígenas no Amapá e norte do Pará, explicou a chefe do Dsei Amapá e Norte do Pará, Simone Karipuna.

A ação será realizada na região Wajãpi. Lá serão atendidas cinco aldeias, sendo elas: Mukuru, Mariry, Yvyrareta, Najaty e Arawaty.

Cronograma Operação Gota:       

*Dias 24 e 25/10 – aldeias Mukuru e Yvyrareta.

*Dias 26 e 27/10 pela manhã – aldeia Mariry.

* Dia 29/10- aldeias Najaty e Arawaty