Saúde

Moradores do Conjunto Miracema receberam vacinação contra gripe e covid-19 ofertado pelo Governo do Amapá

Ação iniciou nesta quinta-feira, 15, com profissionais da saúde atendendo em ponto fixo e de porta em porta

Como parte das ações do Governo do Amapá para enfrentamento ao surto de síndromes respiratórias, nesta quinta-feira, 15, foi a vez dos moradores do Conjunto Miracema receberem as vacinas contra gripe e covid-19.

Foram disponibilizadas mil doses de vacinas contra a gripe e 500 bivalentes contra a Covid-19. Somente no primeiro dia de ações, já foram aplicadas 272 doses para Influenza, 74 delas em crianças, e outras 130 doses da Bivalente.

A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) em conjunto com a Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), e continua nesta sexta-feira, 16, das 8h às 12h, com equipes fixas nos dois centros comunitários do residencial e atendendo de porta em porta, para alcançar idosos, pessoas acamadas ou com dificuldade de locomoção.

A dona de casa Dulcilene da Silva, de 43 anos, se vacinou junto com o filho, Heitor Miguel, de 2 anos. Com a rotina corrida e sem veículo próprio para a locomoção, ela aprovou a ação no Miracema.

“Eu me vacinei e trouxe meu filho pra atualizar a caderneta. Estamos imunizados graças a essa ação, pois nem sei como faria para ir até a um posto de saúde”, ressalta Dulcilene. O pequeno Heitor, vacinado contra a Influenza, ainda recebeu o Certificado de Coragem após receber a dose do imunizante.

Quem também aproveitou a praticidade de ter as equipes de saúde do Governo tão perto de casa foi o estudante Maurício César Soares, de 20 anos. “Eu estava esperando a ação para me vacinar. Trabalho o dia todo e não tinha tempo para buscar atendimento”, destaca Soares..

Cobertura vacinal

O Amapá foi o primeiro estado do país a alcançar, e ultrapassar, a meta de vacinação do Ministério da Saúde, estipulada em 90%. Após a mobilização do Governo do Amapá junto com os municípios, a cobertura vacinal contra Influenza saltou de 16% em 13 de maio, para cerca de 99% nesta quinta, 15.

O Estado também busca ampliar a cobertura de outras vacinas, como a Bivalente, atualmente em 28%. A coordenadora Estadual de Imunizações da SVS, Maria Angélica, reforça que a vacinação é a principal forma de prevenção do contágio e evolução de doenças para formas mais graves.

“A vacinação é uma das principais estratégias do Governo do Amapá para conter o surto de síndromes respiratórias agudas graves que tem atingido, sobretudo, crianças de até 6 anos de idade. O ‘Vem Vacinar’ leva as doses especialmente para os bairros mais distantes do centro da capital”, destaca a coordenadora.

O Governo também disponibilizou o Vacinômetro, que pode ser acessado no site: srag.painel.prodap.ap.gov.br. A plataforma, criada para garantir transparência ao processo de imunização, recebe atualizações diárias sobre a quantidade total de doses aplicadas e a cobertura classificada por municípios e grupos prioritários.

 

Com informações de Mônica Silva

Fotos: Maksuel Martins/GEA