Saúde

Moradores do conjunto habitacional Macapaba recebem vacinação contra gripe e Covid-19

No domingo, 4, as equipes de saúde e mobilização do Governo do Amapá concluíram a campanha de vacinação para os moradores do conjunto Macapaba, na Zona Norte de Macapá. Ao todo, foram 1.948 pessoas, entre adultos e crianças, imunizados contra a Influenza e a Covid-19 em 2 dias de ação.

O mutirão vacinal no maior residencial do estado foi coordenado em conjunto pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) e fez parte da estratégia de enfrentamento do surto de síndrome gripal e respiratória no estado.

A secretária de Estado de Saúde, Silvana Vedovelli, avaliou a ação de forma positiva e agradeceu à participação da comunidade.

“As equipes foram muito bem aceitas pelos moradores, sobretudo porque a comunidade percebeu que precisa se imunizar, e isso é muito importante para que possamos alcançar os índices ideais de vacinação. É momento de agradecer a todos que nos receberam e que se vacinaram”, disse Vedovelli.

Vacinas aplicadas
No último dia da ação, que encerrou neste domingo, foram imunizadas 812 pessoas, sendo 635 contra influenza, destes, 539 tinham acima de 9 anos e 96 abaixo dos 8 anos de idade. Outras 177 receberam a vacina bivalente contra a Covid-19.

No sábado, 3, 1.136 doses foram aplicadas nos moradores do maior conjunto habitacional do Amapá. Sendo 824 contra a gripe em adultos e crianças. Outras 312 pessoas receberam a bivalente.

Os números, principalmente de imunização da gripe, vão aumentar ainda mais o índice de cobertura vacinal do Amapá, que é o único estado do país, que superou a meta contra Influenza definida pelo Ministério da Saúde.

Surto de síndromes gripais

O Governo do Amapá declarou o surto de síndromes gripais no dia 13 de maio. Desde então, o Estado implementou diferentes medidas emergenciais para enfrentar as doenças causadas, principalmente, pelo Vírus Sincicial Respiratório (VSR), que pode gerar complicações em crianças pequenas.

Com informações de Vithória Barreto 

Fotos: Israel Cardoso/GEA