Saúde

Ministério da Saúde envia técnicos para o Amapá; Deputado quer uso do HU com “intensidade”

O Ministério da Saúde (MS), por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente (SVSA), confirmou, em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (15), que irá enviar, inicialmente, 12 técnicos de diversas áreas para apoiar o Amapá no atual surto de doenças respiratórias infantis.

O Governo do Estado do Amapá (GEA) participou da reunião através da Secretária de Saúde Silvana Vedovelli e da superintendente de vigilância em Saúde, Margarete Gomes. O deputado Dorinaldo Malafaia (PDT), que articulou a reunião, também participou.

“Hoje fizemos uma reunião operacional e [hoje] à noite em torno de 12 profissionais do Ministério da Saúde, profissionais da assistência, da vigilância, vão se deslocar já para o Estado do Amapá. O principal objetivo hoje é reforçar as ações assistenciais, ou seja, salvar vidas, evitar novos óbitos. Então vai uma equipe para trabalhar na gestão hospitalar, vai uma equipe para trabalhar na assistência e também estamos reforçando as ações de vigilância, reforçando o diagnóstico laboratorial, a investigação epidemiológica e a gestão da emergência. A gente espera que a situação melhore o mais rápido possível para a população do Amapá”, declarou o Dr. Márcio Garcia, do setor de emergências da SVSA/MS.

A Força Nacional do SUS, Instituto Adolfo Lutz, o Instituto Evandro Chagas, a Organização Panamericana de Saúde e Laboratórios Centrais de outros estados, também já estão apoiando ou se disponibilizaram em ajudar o Amapá a enfrentar a crise atual.

Cobertura hospitalar e Hospital da Unifap

Ainda na reunião, o deputado Dorinaldo solicitou ao Ministério da Saúde tratamento sobre a questão da cobertura hospitalar no Amapá. Para o deputado, o Hospital Universitário da Unifap deve ser utilizado de forma permanente e mais acentuada pela população, com mais leitos e especialidades disponíveis.

“A retaguarda hospitalar do Amapá, nós precisamos tomar uma decisão enquanto Ministério da Saúde acerca da funcionalidade do Hospital Universitário. É uma grande estrutura, talvez seja o maior, talvez não, é a maior estrutura hospitalar da região norte, em termos de hospital universitário, então nós precisamos ter uma destinação, porque não pode ter um espaço daquele tamanho, dirigido, logicamente, pela Ebersh com a universidade, que não seja utilizado na sua intensidade pelo povo do Amapá”, declarou Dorinaldo.

Presente na reunião de forma virtual, a Dra. Ethel Maciel, da Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente (SVSA), respondeu ao deputado “Estou de acordo, deputado. Estamos de acordo. O Dr. Helvécio também tá de acordo. Nós estamos alinhados”, declarou a gestora.

Assista o vídeo

O parlamentar declarou em suas redes sociais que irá organizar, via Comissão de Saúde da Câmara, da qual é titular, uma Audiência Pública que envolva o Ministério da Saúde, o Governo do Amapá, a Ebersh nacional e do HU da Unifap e outros atores para tratar da questão.

 

Com informações da ASCOM