Economia

Mais de 300 empregos são gerados nas obras para a 52ª Expofeira do Amapá

Dos trabalhadores que estão atuando na reconstrução do Parque de Exposições da Fazendinha, 60% são moradores da região

A realização da Expofeira do Amapá é um dos mais recentes investimentos que o Governo do Estado está fazendo em Macapá. A capital vai sediar de 29 de setembro a 8 de outubro, a 52ª edição da feira que reúne negócios, empreendedorismo e entretenimento. Mais de 300 trabalhadores atuam nas obras de revitalização do Parque de Exposições da Fazendinha. Desses, 60% são mão de obra local, de moradores da região.

Foto: Leidiane Lamarão/GEA

Os trabalhadores estão em diversas frentes de serviços por toda a extensão do Parque. São 170 pessoas envolvidas na reforma estrutural física permanente de espaços como banheiro, canil e açaiódromo; 85 atuam na limpeza e 32 trabalham na montagem da estrutura móvel.

O carpinteiro Walter de Freitas, morador do bairro Vale Verde, na Fazendinha, é um deles e conta da felicidade em conseguir voltar a trabalhar depois de mais de  seis anos desempregado.

Foto: Leidiane Lamarão/GEA

“Eu, a minha família e meus amigos estamos muito felizes por essa oportunidade, não só pela volta desse evento que já é tradicional para muitas pessoas conseguirem uma renda extra, mas principalmente, pela quantidade de vagas e nós termos conseguido depois de tanto tempo sem ter nem esperança de emprego. Tem muitos casos de uma família de três irmãos, todos terem conseguido essa vaga de emprego. O sentimento é de gratidão e felicidade”, comemora Freitas.

A Expofeira voltou!

A 52ª edição da Expofeira do Amapá vai acontecer entre os dias 29 de setembro e 8 de outubro, em Macapá. As datas, investimentos e o show do Gusttavo Lima foram anunciados pelo governador, Clécio Luís, no dia 18 de agosto, durante a abertura da Central da Expofeira.

Realizada pela última vez em 2015, a maior feira de negócios do estado volta a ser realizada como uma grande vitrine de produção e inovação do setor primário do estado, oportunidade de fazer negócios e reunir serviços voltados para o empreendedorismo, esporte e lazer.

A Comissão de Organização e Execução da Expofeira foi criada em abril, no balanço dos primeiros 100 dias de gestão, e, desde então, o grupo de trabalho coordena ações para a realização da feira. A área do Parque recebe intervenções como serviços de limpeza, capina, revitalização e construção de novas estruturas.

 

Com informações de Leidiane Lamarão