Educação

Lista de espera do Prouni já está disponível para consulta

Os participantes que se inscreveram na lista de espera do Programa Universidade Para Todos (Prouni) já podem conferir se foram pré-selecionados para o Programa até o dia 19 de abril no portal Acesso Único, que ficará disponível para consulta até 19 de abril.

Além disso, os participantes pré-selecionados por meio da lista de espera devem comprovar as informações da inscrição diretamente na instituição para as quais se inscreveram.

O estudante de medicina veterinária, Rômullo Viana, conta que a sua experiência com a seleção foi conturbada. Além de toda ansiedade para fazer dar certo, o sistema sempre ficava instável, o que piorava a situação.

“Desde o início do processo, desde as inscrição até o resultado das bolsas, eles seguiram direitinho o cronograma. Mas o site passou por diversas instabilidades, me lembro de passar tardes inteiras tentando me conectar no site do Prouni e não passar da página de login, isso piorava quando passava das datas dos resultados, outra experiência ruim foi que depois de divulgarem a lista dos selecionados, o Prouni e a universidade demoraram mais de dois dias para darem as instruções, isso tudo, junto com toda pressão, piorou um pouco a situação, gerou muita insegurança”, contou o estudante.

Mas apesar da experiência ruim, o estudante destaca que foi muito bem recebido no ato da matrícula e afirma que o Prouni é uma iniciativa essencial para pessoas de baixa renda.

“Apesar dos pontos negativos, o atendimento presencial foi bem melhor, fui bem recebido e entendi o que precisava fazer, o que foi diferente do sistema online. E além de tudo isso, acho que o Prouni é um programa essencial para pessoas de baixa renda, assim como eu, que através dele consegui uma boa oportunidade para estudar em uma universidade privada de qualidade”, destacou Rômullo.

O que é o Prouni

O Programa Universidade para Todos foi criado pelo Ministério da Educação (MEC), para oferecer bolsas de estudos integrais ou parciais em instituições particulares de educação superior, com cursos de graduação e sequenciais de formação específica, para estudantes de baixa renda e que tenham cursado o ensino médio exclusivamente em escolas públicas.

Criado em 2004, pela Lei nº 11.096/2005, o Programa Universidade Para Todos é uma política pública do Ministério da Educação, que oferta bolsas de estudo (integrais e parciais) em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de educação superior privadas. O processo seletivo ocorre duas vezes ao ano e tem como público-alvo a população que não possui diploma de nível superior.

Por Daniela Gomes