Política

Famílias iniciam vistorias de casas e apartamentos do Conjunto Miracema

O Governo do Amapá e a Caixa Econômica iniciaram nesta quinta-feira, 14, as vistorias técnicas da 4ª etapa de entrega das casas e apartamentos do Conjunto Miracema, na Zona Norte de Macapá. Os futuros moradores têm a oportunidade de conhecer as novas moradias, sendo um momento de emoção para as famílias, que avaliam aspectos como estrutura, piso, pintura e demais detalhes do ambiente.

 

A entrega de mil unidades do habitacional está prevista para segunda-feira, 18, com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Além do ministro da Integração e Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e dos senadores Davi Alcolumbre e Randolfe Rodrigues.

O governador, Clécio Luís, fez questão de acompanhar os contemplados neste primeiro dia de vistorias, e ressaltou que essa política pública de habitação da gestão representa mais dignidade para as famílias.

“É uma mudança de vida, com melhores condições. São pessoas que vão sair de áreas alagadas, pessoas que vão sair do aluguel, gente que morava com outros familiares em um único imóvel. O empreendimento é todo urbanizado com saneamento, energia de qualidade, calçamento, estacionamento, drenagem e espaço para construção de igrejas, áreas de lazer, empreendimentos, o que é muito importante. Porém, mais do que isso é a condição de criar sua família com dignidade”, pontuou Clécio Luís.

Foto: Netto Lacerda/GEA

A vistoria é a etapa que ocorre antes da entrega das chaves e da assinatura do contrato com a Caixa Econômica. O conjunto habitacional Miracema possui 2 mil moradias entre casas e apartamentos. As duas primeiras etapas foram repassadas aos moradores ainda em 2022 e contemplaram mil famílias.

Agora, o Governo do Amapá irá entregar as mil moradias que compõem as etapas 3 e 4 do empreendimento.

“A grande maioria dessa população vem de áreas de ressaca, devido a uma construção conjunta com a Justiça Federal. Nós também abrimos cadastro reserva para novos grupos, pois ainda havia apartamentos disponíveis que precisavam ser preenchidos. Assim, foram atendidas famílias que estavam recebendo aluguel social da Prefeitura de Macapá e pessoas em situação de rua. A tão esperada entrega acontece no dia 18 de dezembro”, destacou a secretária de Estado da Habitação, Mônica Dias.

O empreendimento conta com recursos do Fundo de Arrendamento Familiar (FAR), articulados pelo senador Davi Alcolumbre e investimentos do Tesouro Estadual, que juntos somam mais de R$ 200 milhões. Desde janeiro de 2023, o Governo do Amapá investiu cerca de 40% dos recursos totais da obra para entrega das duas últimas etapas do conjunto.

 

Com informações SECOM