Cultura

Escola de Samba Piratas Estilizados comemora 50 anos

A escola Piratas Estilizados comemora nesta sexta-feira, dia 5 de janeiro, 50 anos de uma história marcada pela irreverência e muita criatividade características de seus desfiles. A Diretoria Alaranjada vai celebrar a data com uma missa em Ação de Graças pelas conquistas de Piratas Estilizados e por todos que fizeram parte dessa trajetória, às 19h, na Igreja São Benedito, no bairro do Laguinho.

A festa pelo Jubileu de Ouro vai acontecer no domingo (7), com shows dos intérpretes do Carnaval do Rio de Janeiro: Ito Melodia, da Unidos da Tijuca; Emerson Dias, do Salgueiro; e Tinga, da Vila Isabel. Confirmadas também as presenças: Thaís Ferreira – 1ª Princesa do Cacique de Ramos e passista Beija Flor; Thai Rodrigues – Rainha do Carnaval 2022 e Musa do Bola Preta; Thaiane Gabriella e Luana Estrela, passistas da Grande Rio e Império Serrano, respectivamente; além do sambista e coreógrafo Marcos Bandeira, da São Clemente.

O Show Alaranjado é uma atração à parte, com as apresentações dos pontos técnicos da escola, como comissão de frente, mestre sala e porta bandeira, ala de passistas e baianas. Tudo no ritmo da ‘Orquestra de Bambas – Luiz Tostes’ e da ‘Ala Musical – Tom Alaranjado’ composta pelo intérprete oficial Catatau, Cleide Queiroz, Lucas Pombo, Dom Eládio, Junhão Belém, Nilson Estilizados, Vlad Junior e Glauber Byanck, que irão ditar o ritmo para muita diversão e alegria.

A presidente de Piratas Estilizados, Rebeca Lima, coordena os festejos e o diretor de Carnaval, Heraldo Almeida, junto com a Comissão de Carnaval organizam o espetáculo que será apresentado, a partir das 16h, na Arena Estilizada, montada na Avenida José Antônio Siqueira, no trecho em frente à escola Azevedo Costa, no bairro Laguinho.

Histórico

“Da união de vários sentimentos em favor do carnaval amapaense surge, em 5 de janeiro de 1974, o bloco PIRATAS ESTILIZADOS, nome dado por uma das fundadoras e 1ª Presidente, a estilista Celi Del Castilho, a um pequeno grupo de amigos do Laguinho, que saiam para brincar o carnaval nos clubes da cidade e resolveram brincar o carnaval diferente. Desfilou pela primeira vez na Avenida FAB, no ano de sua criação, já conquistando seu primeiro título no carnaval de rua, com o enredo “HOMENAGEM AO PIRATA”, e ganhou todos os campeonatos, até 1979, sempre com temas criativos e sambas de empolgação que contagiavam o público na Avenida FAB.

De 1980 à 1987, Piratas Estilizados continua a brilhar, mas como escola de samba do 2º Grupo, e, finalmente, a partir de 1988, a agremiação carnavalesca é reconhecida como Grêmio Recreativo Escola de Samba Piratas Estilizados e passa a fazer parte do grupo especial, conquistando o título de campeã do carnaval amapaense em 1996, último ano da era de desfiles na Av. FAB, com o Enredo: “RISOS E LÁGRIMAS NO PALCO DA ILUSÃO”.

 

Texto: Gilvana Santos

Fotos: Márcia do Carmo e Sal Lima