Cidades

Defensoria Pública terá posto de emissão de RG para assistidos a partir de 1º de junho

O posto de emissão de Registro Geral será de uso exclusivo dos assistidos da Defensoria Pública.

Pensando na acessibilidade dos assistidos, a Defensoria Pública do Amapá (DPE-AP), em parceria com a Polícia Técnico Científica (Politec), passa a emitir Carteira de Identidade em um posto de atendimento dentro da instituição. O serviço foi pensado para suprir uma demanda recorrente no dia a dia da Defensoria Pública: quando pessoas que buscam a instituição estão sem o documento ou com ele ilegível para iniciar o atendimento.

O posto de emissão de documentos será de uso exclusivo dos assistidos da Defensoria Pública. Os servidores da DPE-AP, que trabalham no atendimento diário, serão os encarregados de identificar quem precisa do documento e encaminhar para a emissão.

A solenidade de abertura acontecerá na quinta-feira, 1, às 10h, no Anexo II. Desde a segunda-feira, 29, os assistidos identificados já estão sendo agendados para utilizar o serviço.

Todo o processo para a produção da carteira de identidade será feito na instituição, incluindo a entrega do documento. O serviço evitará custos de tempo e deslocamento para os assistidos mais carentes, que precisariam ir ao SuperFácil e voltar na Defensoria Pública para então dar prosseguimento no atendimento.

Segundo o defensor público-geral, José Rodrigues, a ideia nasceu justamente pensando no perfil dos assistidos da DPE-AP.

Defensor público-geral, José Rodrigues

“70% das pessoas que nós atendemos ganham menos de um salário mínimo, então não há essa disponibilidade para pegar vários ônibus. Essa pessoa vem na Defensoria e precisa fazer atendimento dela por completo, porque voltar em outro dia é difícil”, pontuou o defensor público-geral.

 

Com informações da Assessora de comunicação