Cidades

CSA interliga nova adutora do Macapaba ao sistema de abastecimento de água da capital

A operação ocorreu nesta sexta-feira (30) e contou com a visita técnica do governador Clécio Luís. Com a manobra, o habitacional passa a ter abastecimento ininterrupto de 5h às 23h todos os dias.

A Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) concluiu as obras de construção da nova rede adutora de água que vai abastecer o Conjunto Macapaba, na zona norte da capital. Com as obras concluídas, a concessionária realizou nesta sexta-feira (30) uma grande ação de interligação dos sistemas. O governador Clécio Luís realizou visita técnica às operações no início do dia.

A rede nova interliga o Macapaba ao Centro de Reservação do Jardim Felicidade, que recebe água da Estação de Tratamento de Macapá (ETAM). Dessa forma, o habitacional deixa de ser abastecido somente por poços – de maneira isolada – e passa a ser interligado ao sistema central da capital. Neste novo cenário, o fornecimento deixa de acontecer por meio de três janelas de abastecimento durante o dia e passa a ocorrer diariamente das 5h às 23h ininterruptamente.

A interligação iniciou na manhã desta sexta-feira (30)

   “É um dia histórico para quem mora aqui e sofre com a falta de água desde o início. Sabemos que agora começa uma nova fase para a gente. Eu agradeço à CSA pelo trabalho que vimos acontecer”, ressaltou Alessandra Pereira, moradora do habitacional.

   Sobre o trabalho  

A nova adutora tem aproximadamente 3,5 quilômetros e foi construída às margens da BR 210 em sete meses de trabalho. Foram R$ 6,6 milhões de investimento e a tubulação é de polietileno de alta densidade, material que aumenta a segurança operacional da rede. Nas próximas 48 horas, acontece a pressurização do novo sistema.

 “Trabalhamos dia e noite tendo como prioridade resolver o problema da água no habitacional. Agora, com a adutora interligada, enviaremos água pela rede e nossa expectativa é que na próxima segunda-feira todos os apartamentos estejam com água nas torneiras”, explica o gerente de Obras da CSA, Iran Corrêa.

Foram sete meses de trabalho nesta obra.

 Transformação  

A CSA iniciou as atividades no Amapá em julho de 2022, com a concessão dos serviços de água e esgoto nas áreas urbanas de todos os municípios. Mesmo antes da posse, a empresa já havia mapeado e traçado estratégias para o problema do abastecimento de água no Macapaba, que ocorre desde sua inauguração, em 2014.

A entrega da adutora que trará água para a comunidade em menos de um ano de trabalho reflete o compromisso da concessionária, como explica o diretor do Grupo Equatorial no Amapá, Augusto Dantas: “O Grupo Equatorial tem trabalhado para transformar a realidade na prestação de serviços importantes como água e esgoto no estado. Para isso, também estamos em obras de reabilitação e modernização na Captação do Rio Amazonas e na Estação de Tratamento de Macapá, que serão entregues em breve. Seguimos com o nosso compromisso de construir o futuro todo dia”, finalizou.

O diretor Augusto Dantas conduziu o governador Clécio e o Promotor de Justiça André Araújo durante a visita técnica.

Além da comitiva do governador, também esteve presente na visita técnica, o promotor de Justiça, André Araújo, que representou o Ministério Público do Amapá, os diretores da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Amapá (Arsap), lideranças comunitárias e moradores do habitacional.

 

Com informações de Marcelle Nunes