Cidades

Avançam as obras de substituição de redes de água em Macapá

Mais de 7 quilômetros de novas tubulações já foram instalados no centro da capital. As operações fazem parte do plano de investimentos iniciais da Concessionária de Saneamento do Amapá.

 A Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) segue com o plano de substituição de redes de água antigas por novas na capital. A operação já percorreu mais de 7 quilômetros com o Método Não Destrutivo (MND) por vias do centro de Macapá. A execução acontece de maneira ágil e sem a necessidade de escavações de valas ou interdições do trânsito na área. Os trabalhos fazem parte do plano de investimentos iniciais da CSA.

A nova tubulação é feita de polietileno de alta densidade (PEAD)

  Por meio do método utilizado pela concessionária, é possível instalar a tubulação, feita de polietileno de alta densidade (PEAD), no mesmo local da rede antiga por meio de janelas menores. O material antigo retirado apresenta deterioração e pode justificar problemas históricos de falta de abastecimento em Macapá. As novas redes já estão em atividade na Avenida FAB, Mendonça Junior, Salgado Filho, Almirante Barroso, Professor Tostes e Hildemar Maia.

Rede antiga deteriorada

  “Optamos pelo MND para agilizar as operações em Macapá com uma metodologia moderna e já utilizada por outras grandes empresas de saneamento. A expectativa é que o investimento nas novas tubulações represente a construção de um novo serviço de abastecimento, tão esperado, para os amapaenses”, explica Yanka Freitas, engenheira responsável pelas frentes de trabalho.

  Plano de investimentos 

A CSA completa 1 ano de operações no Amapá neste mês de julho com diversas obras em fase final de execução. Foram mais de R$11 milhões destinados para recuperação da infraestrutura recebida com a concessão dos serviços de água e esgoto.

O trabalho da concessionária segue com a nova rede adutora que leva água durante todo o dia para o Habitacional Macapaba – que já está em operação-, com a unidade de captação de água do Rio Amazonas, que deve ser finalizada até o fim deste mês e na Estação de Tratamento de Macapá, que passa por reforma e modernização completa. Ainda no pacote de investimentos serão lançadas nas próximas semanas as obras de construção dos novos reservatórios dos bairros Buritizal, Paraíso e Fonte Nova (Santana).

 

Com informações de Marcelle Nunes