Política

Áustria busca parceria para desenvolver quatro projetos bioeconômicos com o Amapá

Fatores e riquezas ambientais, foram evidenciadas para ações conjuntas que elevem o Amapá ao protagonismo verde no mundo.

As potencialidades sustentáveis de economia e energia verde do Amapá foram destacadas pelo embaixador da Áustria, Stefan Scholz, que recebeu o governador Clécio Luís, em Brasília (DF), e anunciou a iniciativa de firmar parcerias para o desenvolvimento de 4 projetos bioeconômicos no estado.

“A Áustria está agora buscando quatro parcerias com o Amapá. Da articulação do direito das comunidades pobres ao planejamento urbano sustentável. Sobre produtos inovadores e no setor de energia renovável, além do desenvolvimento do modelo de manejo florestal e de negócios, já executado no Amapá”, destacou o embaixador.

Foto: Divulgação

As propostas foram apresentadas durante a reunião, promovida pela embaixada da Áustria, que teve o Amapá como protagonista, e contou com a participação de 38 diplomatas de vários países, que atuam no Brasil.

O alinhamento de ações e parcerias com o Governo do Amapá e a apresentação das potencialidades, surgiram para dar visibilidade ao estado, que integra a Amazônia, que será destaque da 30ª Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP 30), em 2025, no Pará.

“O objetivo da nossa reunião é bastante simples. Com a COP 30, em Belém, queremos dar aos outros estados da Amazônica a oportunidade de apresentar suas próprias estratégias para uma economia verde, pois precisamos envolver toda a região se quisermos ter sucesso e, para que a transição energética aconteça, precisamos de parcerias nacionais e internacionais”, enfatizou o embaixador austríaco, Stefan Scholz.