Cidades

Após feriado, CSA fará desligamento para melhorias no sistema de abastecimento de água de Macapá

     Reagendada, a programação prevê 18 horas de serviços em mais de 10 frentes de trabalho na capital. O fornecimento de água estará comprometido em até 72h após os serviços em algumas áreas da cidade.

A Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) definiu para a próxima terça-feira (2/5), a partir das 5h da manhã, a nova data para parada programada dos sistemas de abastecimento de água de Macapá.  Por 18 horas, mais de 10 frentes trabalharão simultaneamente na Estação de Tratamento de Água de Macapá (ETAM) e na Captação de Água Bruta do Rio Amazonas. Os serviços impactarão o abastecimento de todos os bairros atendidos pelo sistema por até 72h. A CSA orienta o armazenamento de água neste período.

Foto: Reprodução

  A parada se faz necessária na programação de investimentos e obras do plano de reabilitação das estruturas recebidas pela CSA no início da concessão dos serviços, em julho de 2022. As atividades desta agenda visam realizar melhorias que precisam da parada dos sistemas e da despressurização da rede para ocorrer.

Programe-se    

 A parada programada inicia às 5h de terça-feira com ações de mergulhadores que irão fazer a limpeza da tubulação interna na Captação de Água do Rio Amazonas. No decorrer do dia serão executadas desobstrução, troca de equipamentos, interligações de rede, entre outros. A programação de atividades segue até às 23h.

Após a retomada do sistema, a previsão é que a rede volte a abastecer a capital em torno de 60% nas primeiras 24h, 80% nas próximas 48h e 100% em 72h em locais mais afastados ou áreas elevadas, também chamados de ‘pontas de redes’.

  Abastecimento 

  O abastecimento de água em Macapá será comprometido nos seguintes bairros atendidos pela  ETAM:

  • Zona central: Trem, Nova Esperança, Santa Rita, Laguinho, Jesus de Nazaré e Central.

  • Zona sul: Araxá, Beirol, Muca, Universidade, Santa Inês, Jardim Marco Zero, Buritizal, Jardim Equatorial, Pedrinhas, Novo Buritizal, Açucena, São José, Congós e Zerão.

  • Zona norte: Pacoval, Novo Horizonte, Infraero I e II, São Lázaro, Jardim Felicidade I e II.

  • Zona leste: Cidade Nova e Perpétuo Socorro.

Durante o período de obras, a CSA orienta que os clientes façam o armazenamento e utilizem estratégias de uso consciente da água armazenada em seus reservatórios domiciliares. Para outras informações ou ocorrências, o atendimento 24h está disponível no 0800 086 0116, nas redes sociais e no site
http://csa-equatorial.com.br.

Com informações da ASCOM CSA