Cultura

Após 10 anos desativada, Expofeira Agropecuária do Amapá estará de volta no segundo semestre de 2023

O governador, Clécio Luis, anunciou na segunda-feira, 10, o retorno da Expofeira Agropecuária do Amapá. Na ocasião, foi assinado o decreto de criação do Grupo de Trabalho (GT) que vai organizar o evento, previsto para o segundo semestre de 2023.

Foto: Maksuel Martins


A data do evento ainda será definida e anunciada posteriomente pelo Poder Executivo. Esta será a 52ª edição da feira de negócios considerada uma vitrine para a produção e inovação agropecuária do estado. A última expofeira foi realizada em 2015.

Clécio Luis enfatiza que o evento tem grande relevância para a economia do Amapá, em especial, para os setores agropecuários, do agronegócio, de serviços, comércio e microempreendedorismo e empreendedorismo individual.

“Nós queremos fortalecer o agro, a agricultura familiar. Queremos que tenha troca de experiência, de tecnologia, inovação, melhoramento genético. É essa a finalidade da feira, nós queremos que ela funcione para isso, porque uma de nossas pautas no setor econômico é desenvolver o setor primário e verticalizar a produção, então a expofeira é fundamental”, disse o governador.

O governado explicou ainda que cabe ao Grupo de Trabalho planejar, coordenar, monitorar, deliberar, fiscalizar, analisar e emitir nota técnica sobre as atividades e providências para a realização da Expofeira e também instituir o Regulamento Geral que regerá a realização do evento.

“Faremos algo modesto, mas eficaz. Vamos ter shows com atração nacional com toda aquela movimentação, mas devemos saber para que serve a Expofeira. Ela serve para fazer negócios do campo, do meio rural, região ribeirinha. É um momento mágico dessa integração das forças produtivas do Amapá que se juntam à experiências que vêm de fora para fortalecer nosso setor produtivo”, garantiu Clécio Luis.

 

Texto:Marcelle Corrêa