Segurança

Amapaense suspeita de matar bancário com 37 facadas se apresenta em delegacia do Pará

A amapaense Ellen Caroline de Oliveira Paixão, de 33 anos, principal suspeita de matar com 37 facadas o companheiro, Luiz Miranda de Oliveira, de 39 anos, se apresentou espontaneamente à Polícia Civil do Pará, na tarde desta quinta-feira ,24, na 14ª Seccional de Ananindeua, no Pará. Um mandado de prisão preventiva havia sido expedido contra ela, que era considerada foragida.

Foto: Ellen Caroline de Oliveira Paixão / Divulgação internet

Os advogados de defesa da suspeita, disseram que Ellen ficou duas semanas foragidas porque estava abalada psicologicamente e precisava de advogados para defendê-la. A suspeita se manteve em silêncio.

Em nota, a defesa destacou que “a presunção de inocência, para este caso, está sendo sistematicamente violada por pessoas que, reiteradamente, têm publicado informações inverídicas nas redes sociais”, e que as condutas serão apuradas.

Foto: bancário Luiz Miranda de Oliveira / Divulgação internet

O bancário Luiz Miranda de Oliveira foi encontrado morto no último dia 10 de agosto, em Santa Cruz do Arari, no Marajó, onde morava com Ellen. A família da vítima chegou a procurar a Policia Civil do Amapá, após a informação de que a principal suspeita do assassinato teria vindo para a casa de familiares em Macapá. Os advogados disseram que ela estava todo esse tempo no Pará.

O caso segue agora sob sigilo.