Educação

Alunos SENAI demonstram criatividade e sustentabilidade em projeto de transformação de materiais recicláveis

Os alunos do curso técnico em Administração do SENAI estão dando um exemplo inspirador de inovação por meio de um projeto que envolveu a transformação de materiais recicláveis em objetos funcionais. Utilizando garrafas PET, rolinhos de papel higiênico, caixas de papelão, CDs e lâmpadas, os estudantes deram uma nova vida a esses itens, criando brinquedos, artigos de escritório, objetos de decoração e pulseiras.

Além da reciclagem, foi aplicado o conteúdo de logística reversa na atividade, um conceito que se concentra na coleta e restituição de resíduos ao setor empresarial, contribuindo para o ciclo sustentável da produção. Demonstraram sua criatividade e habilidades práticas, e também entenderam a importância de incorporar iniciativas ambientalmente responsáveis em suas atividades.

O instrutor Leandro Farias destacou que é inacreditável que ainda exista desperdício de materiais que poderiam ser reciclados. “À medida em que aprenderam sobre a coletar dos resíduos que seriam descartados no lixo, os mesmos estão respeitando o meio ambiente e devolveram para o mercado produtos que vão ser comercializados”, disse.

Reciclagem de material é tema de aula no SENAI AP

Além das habilidades técnicas, o projeto também enriqueceu as competências socioemocionais dos estudantes. Pois, enfrentaram desafios para confeccionar novos produtos e liderar as equipes. Essas experiências durante o curso são fundamentais para o mercado de trabalho.

Anhy Lobo pontuou que por meio da atividade enxergou uma oportunidade de empreender respeitando o meio ambiente. “Reciclar também pode ser sinônimo de lucro. A ideia é gerar renda transformando resíduos em objetos que podem ser usados em escritórios como porta-lápis e porta-objetos”, frisou.

Trabalhar juntos na seleção de materiais, no planejamento dos projetos e na execução das transformações permitiu-lhes a oportunidade de aprender e compartilhar ideias de maneira colaborativa. A atividade não apenas destaca suas habilidades individuais, mas também reflete a importância de abordagens criativas e sustentáveis na formação de futuros profissionais.