Segurança

Adolescente de 12 anos vítima de estupro está grávida. Caso ocorreu no interior do AP

A Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DCCM), prendeu neste fim de semana, um homem, de 23 anos, acusado de estuprar uma menina de 12 anos de idade. A vítima é prima de terceiro grau do acusado, o qual trabalhava para o pai da adolescente e morava na mesma casa que ela.

O caso ocorreu no município de Calçoene, e a família da menina só ficou sabendo porque a adolescente veio para a capital fazer exames de rotina e descobriu que estava grávida.

Segundo o delegado Michael Duarte, foi então que a vítima contou para os pais que vinha sofrendo abusos “Imediatamente, iniciamos as investigações e representei pela prisão temporária do indivíduo. Neste domingo, cumprimos o mandado em Macapá, antes que ele retornasse para Calçoene. As investigações demonstram que os abusos ocorrem há pelo menos um ano”.

Em interrogatório, o acusado confessou o crime, mas teria afirmando que as relações sexuais foram consensuais. Além disso, disse que tem dúvidas sobre a paternidade.

O suspeito foi encaminhado à audiência de custódia.