Municípios

Acelera Pedra Branca: Prefeitura lança pacote de obras e anuncia investimentos

A prefeita Beth Pelaes lançou nesta quarta-feira (26), o Programa Acelera Pedra Branca e assinou as ordens de serviço para garantir a construção de obras na educação, administração e saneamento básico do município de Pedra Branca do Amapari. O objetivo do programa é acelerar o desenvolvimento local, melhorar a infraestrutura e proporcionar melhores condições de vida para os moradores.

Dentre as obras que serão realizadas, destacam-se a reforma e ampliação da Escola Municipal de Música, que aumentará a quantidade de acesso aos cursos de iniciação musical, a construção da ponte de concreto do balneário Recanto da Pedra, favorecendo a mobilidade urbana e contribuindo com o turismo no município, e a construção da Escola do Centro Novo, que atenderá a demanda de educação na área rural e proporcionará um ambiente mais adequado ao aprendizado dos alunos.

Outra importante obra é a reforma e ampliação da sede administrativa da Prefeitura Municipal, que visa melhorar a estrutura e proporcionar melhores condições de trabalho para os servidores municipais. Além das obras mencionadas, foi anunciado também o lançamento das obras do sistema isolado de abastecimento de água do bairro Água Fria, que beneficiará toda a com unidade, garantindo o acesso à água de qualidade e melhorando as condições de vida dos moradores.

“Realizamos o lançamento destes pacotes e de 5 ordens de serviço já contratadas pelo programa e apresentamos a perspectiva para a categoria de infraestrutura e construção civil, em todos os níveis de projetos. A construção civil é um dos setores mais importantes para a geração de empregos, pois aquece outros como a contabilidade, a engenharia, a economia, gerando postos de trabalho em um curto período de tempo,” destacou a prefeita Beth Pelaes.

Programa Acelera Pedra Branca é uma iniciativa da prefeitura que visa impulsionar o desenvolvimento econômico e social do município, por meio da realização de obras que promovam melhorias nas áreas de educação, administração e saneamento básico. A previsão é a de que as obras estejam concluídas até o primeiro semestre de 2024.