Cidades

8 de março todo dia: o cotidiano das mulheres que atuam nas operações de água do Amapá

No Dia Internacional da Mulher, a Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) destaca o trabalho de excelência executado pelas colaboradoras que atuam em diversos setores da empresa no estado.

 A presença de mulheres nas operações da Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) é uma das marcas da transformação que a empresa executa todos os dias, desde que iniciou as atividades no estado, em julho de 2022. Neste dia 8 de março, a mensagem da luta por igualdade de gênero no mercado se reforça com o trabalho de excelência que é realizado por mulheres como Luany, Anne e Juliana, na engenharia, marketing, no controle de qualidade da água e em tantas outras áreas de atuação da CSA.

Sobre elas

Responsável por fiscalizar obras estruturantes em andamento por todo o Amapá, a engenheira Luany Barbosa sabe que sua atuação abre caminhos para outras profissionais que sonham com um lugar de destaque no mercado de trabalho. “Sou mãe, esposa e engenheira, exerço todas estas missões com orgulho e sei que quando lideramos as equipes em busca do melhor resultado, trabalhamos também para construir o futuro de outras profissionais como eu. É por todas nós que nos desafiamos e realizamos”, ressalta.

A engenheira Luany Barbosa.

No setor de marketing, as atividades são intensas, um desafio que é vencido com satisfação todos os dias por Anne Elizabeth, publicitária, que atua como analista de comunicação externa na empresa. “Tenho mais de 15 anos de mercado e sei que meu trabalho faz ainda mais diferença na vida dos amapaenses hoje, compondo o time da CSA, disse.

Anne Elizabeth, publicitária.

Para a bióloga Juliana Polloni, as mulheres vencem todos os dias uma série de estereótipos e atuar em uma posição de liderança dentro de uma grande empresa é uma conquista desta frente de luta. Juliana é executiva da área de Controle de Qualidade da Água, conduz as equipes que atuam nos laboratórios da CSA e sabe a importância deste trabalho. “É grande a responsabilidade que assumimos, mas me alegro com cada passo que damos para levar mais saúde para a população no processo de desenvolvimento do Amapá”, ressaltou.

Atualmente, mais de 70 mulheres trabalham nas diversas áreas da concessionária, em equipes de campo, operação e nos escritórios espalhados em todos os municípios.

“Prezamos pela equidade de gênero em nossa empresa e acreditamos que por isso, mulheres competentes se destacam diariamente na missão que assumimos de mudar a realidade das operações de água em todo o estado. É um orgulho contar com todas elas em nossas equipes e homenageá-las hoje”, concluiu Bruna Milhomem, gerente de Gente e Gestão do Grupo Equatorial no Amapá.

Texto: Marcelle Nunes