Economia

18 mil pessoas já se inscreveram no Concurso Nacional no Amapá

Concurso já tem 1,5 milhão de inscritos em todo o país. Inscrições vão até esta sexta (9/2) pelo site https://www.gov.br/gestao/pt-br/concursonacional

Até o momento, 18.593 pessoas já se inscreveram no Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) para realizar provas no estado do Amapá. Ao todo, já são 1,5 milhão de pessoas inscritas no modelo inovador de seleção, organizado pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI).

As inscrições, iniciadas em 19 de janeiro, permanecem abertas até esta sexta-feira, 9 de fevereiro. Para os cargos de nível superior, a taxa de inscrição é de R$90, enquanto para o bloco de cargos de nível médio o valor é de R$60. “Nós sabemos que existe uma corrida na primeira e na última semana. Na primeira semana, atingimos 1 milhão de inscritos, embora esta semana tenha sido um pouco mais lenta como o esperado, imaginamos que na próxima semana o ritmo acelerará novamente”, disse a ministra Esther Dweck em entrevista a uma rádio na quinta-feira (1°/2).

A ministra também destacou que, até o momento, metade dos 1,5 milhão de inscritos já efetuaram o pagamento ou tiveram a isenção confirmada. A titular do MGI fez um alerta direcionado aos candidatos que já realizaram a inscrição, mas receberam a negativa do pedido de isenção ou ainda não fizeram o pagamento da taxa. “A inscrição final depende do pagamento das inscrições, então faço esse alerta ao pessoal que já se inscreveu e não pagou”, orientou.

Vagas no Amapá

As 6.640 vagas para o serviço público federal ofertadas nos oito editais do Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) abrangem todos os 26 estados do país, Brasília e cidades do interior dos estados. No estado do Amapá, há vagas abertas para exercício na capital e em outros municípios do estado.

Confira a lista de cargos e os locais de exercício no estado:

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA

Cargo: Analista Administrativo
Locais de exercício: Brasília, Rio Branco, Maceió, Manaus, Macapá, Salvador, Fortaleza, Vitória, Goiânia, São Luiz, Belo Horizonte, Campo Grande, Cuiabá, Belém, Santarém, Marabá, João Pessoa, Recife, Teresina, Curitiba, Rio de Janeiro, Natal, Porto Velho, Boa Vista, Porto Alegre, Florianópolis, Aracaju, São Paulo e Palmas.

Cargo: Analista em Reforma e Desenvolvimento Agrário
Locais de exercício: Brasília, Rio Branco, Maceió, Manaus, Macapá, Salvador, Fortaleza, Vitória, Goiânia, São Luiz, Belo Horizonte, Campo Grande, Cuiabá, Belém, Santarém, Marabá, João Pessoa, Recife, Teresina, Curitiba, Rio de Janeiro, Natal, Porto Velho, Boa Vista, Porto Alegre, Florianópolis, Aracaju, São Paulo e Palmas.

Cargo: Engenheiro Agrônomo
Locais de exercício: Brasília, Rio Branco, Maceió, Manaus, Macapá, Salvador, Fortaleza, Vitória, Goiânia, São Luiz, Belo Horizonte, Campo Grande, Cuiabá, Belém, Santarém, Marabá, João Pessoa, Recife, Teresina, Curitiba, Rio de Janeiro, Natal, Porto Velho, Boa Vista, Porto Alegre, Florianópolis, Aracaju, São Paulo e Palmas

Fundação Nacional dos Povos Indígenas – FUNAI

Cargo: Especialista em Indigenismo – Especialidade: Engenharia Agronômica
Locais de exercício: Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins ou Brasília/DF.

Cargo: Especialista em Indigenismo – Especialidade: Qualquer área do Conhecimento
Locais de exercício: Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso ou Pará.

Cargo: Especialista em Indigenismo – Especialidade: Administração
Locais de exercício: Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Brasília/DF ou Rio de Janeiro/RJ

Cargo: Especialista em Indigenismo – Especialidade: Arquivologista
Locais de exercício: Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Brasília/DF ou Rio de Janeiro/RJ

Cargo: Técnico em Indigenismo
Locais de exercício: Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima ou Tocantins

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE

Cargo: Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas
Locais de exercício: Rio Branco/AC Maceió/AL Macapá/AP Manaus/AM Salvador/BA Fortaleza/CE Brasília/DF Vitória/ES Goiânia/GO São Luís/MA Cuiabá/MT Campo Grande/MS Belo Horizonte/MG Belém/PA João Pessoa/PB Curitiba/PR Recife/PE Teresina/PI Rio de Janeiro/RJ Natal/RN Porto Alegre/RS Porto Velho/RO Boa Vista/RR Florianópolis/SC São Paulo/SP Aracaju/SE Palmas/TO

Cargo: Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas
Locais de exercício: Rio Branco/AC Maceió/AL Macapá/AP Manaus/AM Salvador/BA Fortaleza/CE Brasília/DF Vitória/ES Goiânia/GO São Luís/MA Cuiabá/MT Campo Grande/MS Belo Horizonte/MG Belém/PA João Pessoa/PB Curitiba/PR Recife/PE Teresina/PI Rio de Janeiro/RJ Natal/RN Porto Alegre/RS Porto Velho/RO Boa Vista/RR Florianópolis/SC São Paulo/SP Aracaju/SE Palmas/TO

Cargo: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas

Locais de exercício (NORTE): Cruzeiro do Sul/AC, Rio Branco/AC, Tarauacá/AC, Careiro/AM, Coari/AM, Eirunepé/AM, Lábrea/AM, Manacapuru/AM, Manaus/AM, São Gabriel da Cachoeira/AM, Tabatinga/AM, Macapá/AP, Abaetetuba/PA, Almeirim/PA, Ananindeua/PA, Belém/PA, Breves/PA, Cametá/PA, Capanema/PA, Castanhal/PA, Itaituba/PA, Marabá/PA, Parauapebas/PA, Redenção/PA, Soure/PA, Tucumã/PA, Tucuruí/PA, Xinguara/PA, Ji-Paraná/RO, Porto Velho/RO, Vilhena/RO, Boa Vista/RR, Araguaína/TO, Araguatins/TO, Colinas do Tocantins/TO, Paraíso do Tocantins/TO, Tocantinópolis/TO.