Saúde

114 internações por síndromes respiratórias são registradas pelo Hospital da Criança e Pronto Atendimento Infantil em Macapá

O Hospital da Criança e Adolescente (HCA) e o Pronto Atendimento Infantil (PAI) registram 114 internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), nesta terça-feira, 6. Deste total, 82 pacientes ocupam leitos clínicos nas enfermarias do HCA e PAI e outros 32 estão em leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com monitoramento de equipe multiprofissional 24 horas.

Desde que foi declarada a situação de emergência em saúde pública por conta do surto de síndromes respiratórias, o Amapá já registrou 11 óbitos de crianças, todas menores de seis anos de idade. As mortes aconteceram de 13 de maio a 5 de junho, no HCA. Ao todo, 24 pacientes aguardam por leitos clínicos e 7 por leitos intensivos. As informações são da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa).

Foto: Arquivo/Secom

Síndromes respiratórias

No dia 13 de maio, o Governo do Amapá declarou situação de emergência devido ao aumento de casos de doenças respiratórias causadas pelos vírus sincicial e influenza, além do novo coronavírus. As crianças menores de seis anos têm sido as mais atingidas pelas doenças.

Para conter o surto, o Governo do Estado implementa medidas emergenciais, como a ampliação de leitos e articulação junto ao Ministério da Saúde para o reforço de profissionais como médicos, enfermeiros e fisioterapeutas para auxiliar nos cuidados com os pacientes. O Governo do Amapá também repassou R$ 2,7 milhões para os municípios reforçarem a atenção básica, especialmente a vacinação contra a gripe.